terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Pasteizinhos Ana Sofia



Boa tarde minha gente!


Hoje venho dividir com vocês uma receita doce, simples, de um valor afetivo imensurável como todas as coisas que fazemos com dedicação e amor.
Desde que minha netinha começou a estudar, tenho procurado desenvolver receitinhas para que ela possa levar gostosuras pro lanche que tenham sido feitas por nós sem aditivos e toda a química dos industrializados.

A receita é esta:

Numa tigela,  misture 1 xic de farinha de trigo ou farinha sem glúten  com 2 col de sopa de manteiga ghee ou manteiga comum e 2 col de sopa de água. Sove a massa e depois abra sobre superfície enfarinhada. Corte círculos e recheie com cubinhos de goiabada ou mesmo recheios salgados.  Dobre os pasteizinhos e feche as bordas pressionando com um garfo. Pincele com uma gema. Leve ao forno em assadeira forrada com papel manteiga .

Com carinho, 

Ana Aloba-Da-Rocha




sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Bolo de Cenoura com Castanhas, Passas e Especiarias



Bom dia!

Hoje o dia começou com bolo quente e café fresquinho!!

Este é um bolo especial e bem diferente dos bolos de cenoura convencionais. Espero que gostem muito!

No liquidificador, bata1/2 xic de suco de laranja com 2 ovos, 1/2 xic de manteiga , 3/4de xic de açúcar e 1/2 cenoura crua sem casca e ralada.
Derrame a mistura em uma tigela e acrescente 1 xic de farinha sem glúten ou farinha de trigo ,1/2 col de chá de goma de xantana ( se vc usar farinha de trigo não precisa usar xantana), 1 col de chá de gengibre raladinho ou em pó, 1 col de chá de canela, 1/2 col de chá de noz-moscada ralada na hora, 1 xic de castanhas trituradas, 1/2 xic de passas  ( passe antes as passas por amido de milho) , 1/2 cenoura crua sem casca ralada e 1col de sopa de fermento químico.
Disponha a massa em forma untada e enfarinhada e leve ao forno quente até crescer e dourar.

Por Ana Aloba- Da-Rocha



Fiquem com Deus!!!

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Empadão de Frango com Requeijão

I

 Boa tarde!

Sei que há milhares de receitas de empadão circulando pelo mundo. Essa é a minha! A que mais gosto e a mais querida por aqui por isso vim compartilhar com vocês.
O segredo é o ponto da massa e isso se aprende fazendo e sem medo.

Para meu refratário de 20cm uso:
2 xic de farinha sem glúten( pode usar a de trigo tb)
150g de uma boa margarina, manteiga ou ghee
30 a 50 ml de água
1/2 col de café de sal
Misture bem com as mãos. Divida a massa em 2 . Forre o refratário com metade da massa e fure com um garfo.

Recheio
3 xic de frango cozido  desfiado
20 azeitonas picadas
1 copo de requeijão

Misture tudo e ponha por cima da massa no refratário.
Abra o resto da massa com um rolo e cubra a torta. Pincele com 1 gema misturada com 1col de sopa de azeite e leve ao forno para assar.

Fica maravilhosa!

Por Ana Aloba-Da-Rocha











sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Bolinhas de Coalhada Seca Temperadas




Boa tarde minha gente!
Hoje vim trazer uma receitinha simples que fiz com a minha mais nova paixão, a coalhada seca.
Depois que aprendi a fazer, tudo é motivo para usá-la no preparo de pratos ou simples como ela é.




Para a coalhada seca você vai  ferver 1litro de leite e deixar amornar na própria panela até que consiga colocar o dedo limpo e deixar por 10 segundos. Agora misture 1 copinho de iogurte natural sem açúcar, mexa, tampe a panela e cubra com um pano. Deixe por10 a 12horas. 
Forre uma peneira com um pano de prato limpo e escorra colocando uma vasilha em baixo e deixe na geladeira por 12h. Depois disso você obteve coalhada seca.

Agora você vai misturar à coalhada  2 col de sopa de azeite de oliva, sal e pimenta-do-reino a gosto, 1 dente pequeno de alho raladinho e 2col de sopa de cebolinho picado. Misture bem, modele as bolinhos e sirva. Se não consumir tudo leve o resto à geladeira por até 3dias.

Por Ana Aloba-Da-Rocha









terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Nhoque de Jerimun com Carne de Charque e Molho de Queijo e Carne



Boa tarde!

Andei ausente por algum tempo.
Nesse tempo de ausência do blog, vivi muitas histórias, andei por alguns lugares e aprendi muitas coisas. Algumas trouxe na bagagem, outras na memória e outras por lá deixei para que outros possam fazer delas o melhor que puderem.

Timidamente, fiz um post já este ano onde ensaiei o retorno ao blog, sabendo que queria voltar e falar, escrever, interagir com vocês. Agora é oficial, vamos dar sequência novamente a um trabalho que nunca deixou de existir, mas que estava lá apenas no Instagram @cozinhadoamor.

Esse prato de hoje, marca o retorno, e o dia lindo do Amor, o Valentine' s Day.
Espero que curtam a receita, que façam e que comam lindamente.

Aí vai!













O Nhoque 

Para o Nhoque, cozinhe o jerimun ou abóbora em pouca água ou no vapor, amasse com um garfo e coloque numa tigela 2 xic desse purê. Misture então 1 xícara de farinha de arroz e meia xícara de fécula de batata ou amido de milho, 1 ovo, e 1 col de sopa de azeite. Tempere com sal a gosto.
Essa massa deve ser manipulada com as mãos, portanto se ficou muito grudenta vá adicionando um pouco mais de farinha de arroz.
Depois disso modele o nhoque com a ajuda de duas colheres de sobremesa, formando casulos e vá despejando numa panela de água fervente que você vai deixar no fogo até o fim do processo. O nhoque estará cozido quando boiar. Você precisa ir tirando aos poucos a medida que forem boiando e colocar num escorredor de macarrão ou peneira.
Depois disso refogue cebola e alho numa mistura de 3 col de sopa de azeite e 1 de manteiga ghee ou comum se você não é intolerante a lactose e está pronto para servir.

A Charque

Essa é fácil demais. Escalde 500g de charque 2 vezes e escorra a água. Depois coloque na panela de pressão com água que cubra a carne,  por 30 minutos depois que começar a pegar pressão. Deixe a pressão sair normalmente e desfie a carne. Frite em azeite e adicione cebola roxa fritando também.

O Molho

Na mesma panela onde fritou a charque, refogue meia cebola roxa picadinha, acrescente 1 copo de iogurte natural caseiro e 1 xícara de queijo de coalho picadinho. Deixe ferver para que a charque que ficou na panela se misture ao molho e acrescente meia caixinha de creme de leite.

Agora é só servir quentinho e aproveitar.

Muitos abraços.

Fiquem com Deus!